BLOG DA SOCIEDADE
BRASILEIRA DE IMUNOLOGIA
Acompanhe-nos:

Translate

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Imunossenescência: um produto do ambiente ?


Fonte: http://www.123rf.com/photo_16678396_abstract-word-cloud-for-immunosenescence-with-related-tags-and-terms.html


Todos os esforços da humanidade parecem estar voltados para três objetivos principais: viver bem, viver muito e reproduzir-se. Estes esforços, algumas vezes, infelizmente, não levam aos objetivos desejados, mesmo considerando que o desenvolvimento da ciência e tecnologia possibilitou uma maior longevidade, particularmente no campo da prevenção e controle de doenças. O didaticamente concebido “sistema imunológico” tem um papel essencial na prevenção, no controle de doenças, na vida. A imunologia iniciou-se com a observação de que pessoas acometidas de determinadas doenças, quando sobreviviam a estas, desenvolviam um estado de proteção aumentada e específica para a doença. Naquele tempo, os micro organismos ainda “não existiam”, porque não tínhamos como percebê-los. Assim, para a ciência, tudo que existe é porque percebemos. Talvez o principal problema intrínseco ao próprio sistema imunológico seja o da percepção do “Quem eu sou?”. Aumentando nossa capacidade de perceber e de montar esquemas provisórios de funcionamento do sistema imunológico, desejamos intervir, reduzir o sofrimento e evitar a morte “precoce”. Ansiosos por controlar cada vez mais a natureza, o processo de envelhecimento, começamos a conhecer e a intervir cada vez mais em complexos mecanismos, dentre estes, o sistema imunológico. Brincando com fragmentos deste enorme quebra-cabeça de dimensões desconhecidas, como crianças, sonhamos, fazemos ilusionismos e, envaidecidos, vivemos. Colocando algumas peças, contribuímos para materializar sonhos daqueles que nos antecederam e dar esperança para aqueles que nos sucederão. A imunossenescência é um fragmento deste quebra-cabeça que deve ser explorado. O artigo com link abaixo, publicado no Current Opinion in Immunology (Available online 25 June 2013), trata exatamente dessa correlação: ambiente, senescência e sistema imunológico.




Post do Prof. Dr. José Ajax Nogueira Queiroz
Professor Associado IV – Departamento de Patologia e Medicina Legal/Setor de Imunologia
Universidade Federal do Ceará


Comente com o Facebook :

Um comentário:

  1. Muito interessante o tema, parabéns pela abordagem.

    ResponderExcluir

©SBI Sociedade Brasileira de Imunologia. Desenvolvido por: